As melhores maneiras de comercializar seu negócio no LinkedIn

Pai da Júlia e do Pedro. Especialista em Marketing Digital, com MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.
16/10/2017
Gestão de Mídias Sociais

Com cerca de 500 milhões de usuários, não é de se admirar que o LinkedIn tenha se tornado uma plataforma privilegiada para realizar negócios. A maior rede profissional do mundo é projetada para venda social, já que 50% dos compradores B2B a usam tomar decisões de compra. Confira nesse artigo as melhores maneiras de comercializar seu negócio no LinkedIn.

As melhores maneiras de comercializar seu negócio no LinkedIn

Fonte: Freepik.

Como comercializar seu negócio no LinkedIn:

Conte sua história: seu negócio tem uma história única que pode ajudar a definir seu perfil e contribuir com a página da sua marca, envolvendo seu público através do uso de vídeos, imagens, infográficos e apresentação de dados. Ao contar a história da sua empresa você aumenta a probabilidade de transformar parte dos acessos em clientes ou parceiros comerciais, conseguindo assim uma forma de comercializar seu negócio no LinkedIn.

Utilize conteúdo segmentado para aumentar seu alcance: a maioria das pessoas se conecta com você no LinkedIn porque estão na mesma indústria e possuem interesses semelhantes. Se você gera um bom conteúdo que pode ser interessante para suas conexões, há uma chance de que elas se envolvam com ele e até compartilhe suas ideias com outras pessoas, ampliando seu alcance.

Use o espaço do LinkedIn para exibir materiais profissionais através do blog da plataforma. O melhor de tudo é que não precisa ser um conteúdo original. Se já você publicou algo no seu blog que quer compartilhar com suas conexões do LinkedIn, coloque o material na plataforma e mostre onde ele apareceu anteriormente. Isso pode até dirigir mais tráfego para seu blog/site e te dar uma chance de comercializar seu negócio no LinkedIn.

LinkedIn

Fonte: Pixabay.

Observe a concorrência de perto: além dos 50% dos compradores B2B que utilizam o LinkedIn quando tomam decisões de compra, mais de 90% dos comerciantes B2B utilizam esta mesma plataforma para compartilhar e distribuir conteúdo. Ou seja, além de publicar, você também pode acessar novidades, inclusive de empresas concorrentes.

O LinkedIn é uma excelente plataforma para acompanhar tendências e localizar as oportunidades porque você passa a ter acesso também as estratégias da concorrência, incluindo como eles estão utilizando conteúdos, se conectando e se envolvendo com o público-alvo.

Torne sua empresa mais visível: se você configurar a página da sua empresa no LinkedIn, ela será indexada pelo Google, o que pode ajudar com a visibilidade nos rankings de busca. Você deve tornar o seu perfil o mais completo possível e publicar regularmente, incluindo um link para seu site sempre que possível para atrair visitantes e tráfego de referência.

Participe dos grupos: participar de grupos relacionados a sua indústria é outra maneira de gerar novas conexões e, consequentemente, comercializar seu negócio no LinkedIn. Você também pode criar seu próprio grupo, o que tende a melhorar sua visibilidade e mostrar que você é uma autoridade do seu nicho.

Marketing digital no LinkedIn

Fonte: Pixabay.

Ao ilustrar que você é um líder de pensamento que pode responder a perguntas, gerar discussões, mediar debates e dominar o marketing de conteúdo, você se separa de quem apenas deseja promover seus negócios.

Gere mais leads: o LinkedIn é uma ótima plataforma para utilizar avaliações de clientes e outros depoimentos para promover sua marca. Peça aos seus clientes e parceiros que enviem depoimentos. Isso ajuda a gerar mais leads e também prova que seus produtos e serviços têm qualidade. E não se esqueça de oferecer uma contrapartida para quem enviar o depoimento, oferecendo outro em troca.

Invista na equipe: incentive seus funcionários a adicionar o nome da empresa ao seu perfil. Algumas pessoas pensam que o LinkedIn é apenas para aqueles que procuram um emprego e não preenchem esta informação até saírem da empresa. Porém, isso pode ser bem importante no que diz respeito a formação de conexões, o sempre contribui para a comercialização de qualquer negócio.

Veja também