Em um momento de pandemia mundial, o comércio está tendo que se ajustar à um mundo em que o contato físico e pessoal está sendo forçadamente reduzido ao máximo por questões de saúde pública. E uma das maiores consequências disso é um crescimento vertiginoso do comércio virtual. De acordo com um artigo publicado pela revista Exame no final de Março de 2020, as novas normas de isolamento social para evitar o coronavírus geraram um crescimento de até 40% nas compras feitas pela internet. Sendo assim, se você é um empreendedor que não tinha investido na criação de uma loja virtual até então, esse é o momento de correr atrás para conseguir manter seus negócios estáveis em meio à crise. Por isso, neste artigo, vamos explicar como criar um e-commerce para a sua marca. Continue com a leitura para descobrir!

Como criar um e-commerce para a sua marca

Fonte: freepik.

Entenda como criar um e-commerce para a sua marca

A ideia de criar um e-commerce para a sua marca pode, a princípio, parecer intimidante, especialmente se você é um empresário que está muito acostumado com o comércio físico. Afinal, é uma lógica de funcionamento diferente que envolve diversas ferramentas tecnológicas que nem todo mundo conhece bem.

No entanto, é possível se atentar a algumas dicas específicas para criar uma loja online para a sua marca com sucesso. A seguir, então, vamos citar algumas atitudes que podem ser de grande ajuda para você nesta tarefa. Confira!

Saiba qual é o público-alvo da sua empresa

Quando você cria uma loja online, é preciso também criar um plano de marketing digital para promover essa nova plataforma de venda dos seus produtos ou serviços. E um plano de marketing digital que se preze deve ser direcionado para um segmento específico do mercado.

Em outras palavras, é necessário que você saiba para quem você pretende vender o que a sua empresa oferece. Ter essa informação em mente desde o início é fundamental para criar uma loja que seja atraente especialmente para esse tipo de público, permitindo maior sucesso nas suas vendas.

Saiba qual é o público-alvo da sua empresa

Fonte: freepik.

Registre um bom domínio

O domínio de um site é o nome que ajuda os usuários na hora de procurá-lo. Assim, se você quer acessar o Google, por exemplo, basta digitar “google” na barra de endereço e ela terá facilidade para encontrar o site.

Por isso, é crucial que o domínio da sua loja virtual seja um nome fácil, simples e que os usuários não tenham dificuldade para digitar ou para memorizar. Domínios fortes e seguros também transmitem profissionalismo e competência ao cliente, o que também é muito importante no cenário de vendas virtuais.

Tire boas fotos dos seus produtos e faça descrições detalhadas

Quando um usuário faz uma compra online, ele não pode avaliar o produto ao vivo com seus próprios olhos. Sendo assim, ele precisa ter uma certa confiança na imagem que a sua loja fornece daquele produto.

Desse modo, é fundamental ter imagens de alta qualidade dos produtos que você tem para vender, mostrando-os de diversos ângulos. Além disso, invista também em descrições detalhadas dos produtos que possam solucionar qualquer dúvida que o usuário tenha com relação aquela compra. Isso vai ajudar o internauta a se sentir mais seguro para comprar na sua loja virtual.

Tire boas fotos dos seus produtos e faça descrições detalhadas

Fonte: freepik.

Contrate uma agência especializada para criar o seu e-commerce

Se você não sabe como criar um e-commerce para a sua marca, a melhor coisa a se fazer é deixar isso nas mãos de profissionais especializados. Para isso, uma agência de marketing digital, como, por exemplo, a Agência IMMA, pode ser de grande ajuda. Quer saber mais? Entre em contato com a agência e faça já o seu orçamento!

Rodrigo Darzi

Rodrigo Darzi

Pai da Júlia e do Pedro. Especialista em Marketing Digital, com MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

× Como podemos ajudar?