Principais erros de marketing de mídia social para evitar

Quais são os principais erros de marketing de mídia social? Por onde começar? Há alguma dica que a ser seguida? Do que devemos nos afastar? Especialmente se você está pensando em se inserir no universo das rede sociais, é muito importante conhecer os principais erros de marketing de mídia social para evitar.

Principais erros de marketing de mídia social para evitar

Fonte: freepik.


É por isso que os especialistas da Agência IMMA separaram esta lista com os equívocos mais observados por eles para que você possa evitá-los e começar a colocar em prática sua estratégia de forma muito mais efetiva.

Metas indefinidas e segmentação do público errado

Saber quem é seu público pode ser o maior desafio que você enfrenta ao definir suas metas de marketing. Para quem é seu produto? A resposta a esta pergunta é importante para identificar seu público-alvo e estabelecer suas metas iniciais.

Depois de estabelecer seu público-alvo, você pode decidir que tipo de resultado seria ideal para sua campanha. Você precisa estabelecer parâmetros e definir seus objetivos e KPIs (key performance indicators ou, em português, indicadores chave de desempenho). Quanto mais específico você puder ser ao definir seus objetivos, melhor.

Saber quem é seu público pode ser o maior desafio que você enfrenta ao definir suas metas de marketing

Fonte: freepik.

Excesso de conteúdo promocional

A excitação com a sua marca e o desejo de compartilhar essa emoção podem ser uma armadilha para o marketing de mídia social. Por isso, seja vigilante sobre seu conteúdo promocional. Essa até é uma prática recomendada para mostrar a marca como empolgante e atraente, mas lembre-se que redes sociais são plataformas projetadas para interação.

A autopromoção é uma ferramenta poderosa e deve ser usada a seu favor, mas seu conteúdo deve atender à marca. Uma boa regra é ter um post de autopromoção para cada quatro posts de engajamento. Quanto mais você se envolver com seu público, mais ele visualizará seu conteúdo, adicionando valor a essas postagens limitadas de autopromoção.

Publicação de conteúdo em piloto automático e falta de gerenciamento da comunidade

O melhor tipo de postagem é aquele que parece orgânico. Isso não se aplica apenas ao conteúdo do post, mas também tem a ver com como e quando o post é colocado no ar.

O melhor tipo de postagem é aquele que parece orgânico

Fonte: freepik.

Há benefícios em postar em diferentes momentos do dia e diferentes dias da semana. É importante postar regularmente e testar a hora e os dias que mais atraem o público e geram engajamento. Num cenário digital, em que praticamente tudo é automatizado, manter uma presença e interação mais humanas tendem a ser diferenciais importantes.

A publicação de conteúdo automático pode ser uma ferramenta útil quando você estiver longe de seu local de trabalho, mas lembre-se de que esse conteúdo ajuda no gerenciamento de uma comunidade de seguidores e o envolvimento precisa ser uma prioridade.

O gerenciamento da comunidade permite que você tenha conversas em tempo real com seu público-alvo e outros usuários, aproveitando as tendências sociais atuais e participando de outras conversas no seu campo de atuação. Promova e participe de discussões dentro do contexto da marca para construir e promover sua comunidade online. O envolvimento é crucial.

Dicas de marketing de mídias sociais

Fonte: freepik.

Negligenciar anúncios pagos

Os anúncios pagos devem ser um marco no seu arsenal de marketing de mídia social. Não existe uma estratégia única para a publicidade social paga; cada plataforma opera de forma muito diferente, e você encontrará diferentes públicos-alvo em cada rede social.

Mais uma vez, conhecer o seu público e onde encontrá-los é fundamental! O Twitter, por exemplo, observou que 41% dos usuários fazem uma compra dentro de 30 dias após sua exposição a um anúncio. Os anúncios pagos têm tudo a ver com essa exposição junto a pessoas que, de outra forma, você não alcançaria com hashtags e divulgações mais tradicionais.

Tal como acontece com tudo, em publicidade social você deve ter um plano quando se trata de anúncios pagos pois seu desempenho fica a cargo da identificação correta do público-alvo. A execução de campanhas de anúncios específicas para cada plataforma pode gerar ótimos resultados! Por isso, lembre-se de pensar de forma personalizada para cada rede social.

Se uma imagem vale mais que mil palavras, então um vídeo vale por mil fotos.

Fonte: freepik.

Ignorar a força dos conteúdos em vídeo

Se uma imagem vale mais que mil palavras, então um vídeo vale por mil fotos. Comparações a parte, vídeos adicionam uma profundidade que palavras e imagens nem sempre conseguem alcançar. A adição de som e movimento geram um nível de envolvimento com o qual outras postagens não podem competir. E em um universo onde o conteúdo cativante é tudo, é impossível ignorar a força dos conteúdos em vídeo.

Só nos Estados Unidos, 85% do público assiste a vídeos online e 92% dos vídeos visualizados em um dispositivo móvel são compartilhados. Isso significa que todos os vídeos que você postar têm 78% de chance de alcançar um usuário para o qual ele não foi direcionado. O conteúdo de vídeo é o auge de um trabalho inteligente no marketing de mídia social.

Ignorar ou excluir comentários negativos

Esse é um dos principais erros de marketing de mídia social para evitar. Você se lembra que engajamento é tudo? Pois bem, ignorar os comentários negativos não faz com que eles desapareçam. Na verdade, isso tende a intensificar o problema pois 78% das pessoas que se queixam de uma marca no Twitter esperam uma resposta rápida e fingir que eles não existem certamente deixa qualquer empresa com má fama.

Lembre-se: engajamento é tudo.

Fonte: freepik.

As melhores marcas são aquelas que lidam com o feedback negativo de frente com compreensão e envolvimento amigável com o cliente. Você não ignoraria um cliente que entrou em uma loja reclamando sobre como estava chateado e o mesmo vale para a sua comunidade online. Se você enfrentar o problema de frente, isso tranquiliza sua comunidade, cria confiança e mostra que você se importa com todos os seus consumidores.

Tentar estar presente em todas as plataformas

Com a imensa variedade de plataformas de mídia social, é importante não se sobrecarregar. Se você está executando o trabalho sozinho, tentar se fazer presente em muitas plataformas ao mesmo tempo pode levar a falta de engajamento e desvalorizar as postagens que você trabalhou duro para criar.

O Facebook, por exemplo, coloca mais ênfase no pós-engajamento, o que significa que, se você está ocupado demais com outras plataformas para se envolver corretamente nesta, seu post provavelmente terá um desempenho inferior. A melhor tática é identificar onde seu público-alvo está gastando seu tempo online e focar em uma ou duas plataformas.

Com a imensa variedade de plataformas de mídia social, é importante não se sobrecarregar

Fonte: freepik.


Se você está realmente perdido a respeito de onde começar, tente se ater as três maiores e mais populares plataformas sociais: Facebook, Twitter e Instagram. Com o tempo, se houver outra, você certamente saberá e poderá investir nela.

Uso excessivo ou indevido de hashtags

As hashtags podem parecer um pouco assustadoras quando você começa a usá-las. Você quer ter certeza de que usa o suficiente para as pessoas encontrarem seu conteúdo, mas há sempre o risco de exagerar.

Com as hashtags, é melhor errar para menos. A maioria das plataformas tem suas próprias diretrizes para escolher hashtags efetivas, e é sábio se familiarizar com o funcionamento delas nas mais diferentes redes.

Aprenda a usar as redes sociais

Fonte: freepik.


As hashtags devem ser específicas da marca, ao mesmo tempo que se relacionam com o conteúdo que você publicou. Neste caso, o senso comum é seu melhor amigo quando se trata de escolher hashtags e pode ajudar muito quando você não sabe o que é relevante para o seu nicho.

É essencial usar algumas das hashtags mais populares para interagir com uma comunidade online maior, mas também é aconselhável incluir as hashtags de nicho que melhor descrevem seu conteúdo e sua marca. Normalmente, o número de hashtags relevantes varia entre as plataformas, mas você nunca deve marcar excessivamente uma postagem pois isso pode parecer desespero por engajamento.

Subestimar ou nem tentar entender os relatórios de análise

A análise é uma peça central de qualquer campanha de marketing, mas pode ser facilmente subestimada ou ignorada por completo. As métricas de medição de desempenho do seu conteúdo não devem ser limitadas a apenas uma simples observação de números. Da mesma forma que variamos os posts em diferentes plataformas, é importante medir nosso sucesso de forma variada.

A análise é uma peça central de qualquer campanha de marketing

Fonte: freepik.


O Facebook enfatiza o engajamento posterior enquanto outras plataformas enfatizam diferentes aspectos do desempenho. Em todas as plataformas, essas medidas de desempenho são chamadas de indicadores chave de desempenho ou KPIs. Os KPIs informam o desempenho de uma postagem para ajustar nossa abordagem com base na estratégia e nas metas que criamos para nós mesmos.

Por exemplo, se sua meta for gerar visualizações de vídeos com postagens no Facebook, você poderá usar uma ferramenta de análise para ver o número de visualizações junto com comentários, compartilhamentos, etc. Essas análises podem determinar sua postagem em vídeo de melhor desempenho para que você possa investir mais em conteúdos semelhantes.

Análises e métricas são apenas uma maneira de coletar dados para tomar decisões mais inteligentes no futuro. Assim como hashtags, pode parecer assustador no começo, mas são informações relevantes que irão ajudar a tomar as melhores decisões possíveis.

 
Busque entender as redes sociais

Fonte: freepik.

Executar uma única campanha em todas as plataformas

Com cada plataforma apresentando audiências e práticas de engajamento diferentes, colocar o mesmo anúncio no Instagram e no Twitter provavelmente significara que ele irá falhar em um destes espaços, pelo motivo exato em que será bem-sucedido no outro.

Você não precisa criar um novo conteúdo para cada plataforma, pois isso seria extremamente exaustivo. Mas é importante adaptar sua abordagem com base na plataforma social com a qual você está se envolvendo.

Não monitorar suas palavras-chave e a concorrência

O aspecto “social” da mídia social oferece uma enorme vantagem quando se trata de observar a concorrência. Não há nada que ela possa fazer para esconder seu sucesso (ou fracasso) quando se trata de engajamento.

O aspecto “social” da mídia social oferece uma enorme vantagem quando se trata de observar a concorrência

Fonte: freepik.

É imperativo observar como seus concorrentes estão se envolvendo com o público e, em seguida, identificar onde eles estão obtendo sucesso e onde estão deixando a desejar. Assim como o uso de KPIs e métricas, você pode criar uma estratégia com base no desempenho de outras pessoas e empresas do seu campo de atuação.

Da mesma forma, é vital certificar-se de que é fácil encontrar seu negócio. E como não é difícil se perder no universo das redes sociais usar palavras-chave que se aplicam ao seu setor é crucial. Palavras-chave são palavras ou frases que direcionam o conteúdo da pesquisa orgânica.

Esses termos são o que o Google e outros mecanismos de pesquisa usam para otimizar os resultados que mostram aos usuários quando eles pesquisam algo. Quanto mais você usar palavras-chave para identificar a si mesmo e a sua marca, mais fácil será para as pessoas te encontrarem. Quando se trata de SEO, são as palavras-chave que permitem que você se destaque no meio da multidão.

Reveja sua estratégia para evitar os principais erros de marketing de mídia social

Todas essas dicas e conselhos sobre os principais erros de marketing de mídia social para evitar levam a uma observação final: é importante crescer e se adaptar! E, para isso, é necessário rever sua estratégia social constantemente.

Afinal, com as mídias sociais, os algoritmos de plataformas e o envolvimento dos usuários mudando continuamente, toda estratégia também deve seguir esse curso e se transformar com o passar do tempo.

Engajamento, conteúdo personalizado e uso de dados para revelar tendências são todas táticas que devem ser cuidadosamente monitoradas para aumentar e garantir o sucesso contínuo. Lembre-se que suas campanhas sociais exigirão manutenção e melhorias constante e garantir que você está atualizado quanto aos recursos mais recentes das plataformas garantirá que você não fique para trás.

Agora você já sabe os principais erros de marketing de mídia social

Fonte: freepik.

Pode parecer cansativo, mas ter certeza de que você está na vanguarda das mudanças nas mídias sociais o colocará a frente da concorrência. Lembre-se que o mais importantes que você pode fazer por sua marca são identificar seu público e, em seguida, envolvê-lo regularmente. E não se esqueça que você também está desenvolvendo uma comunidade que precisa ser alimentada e cuidada.

Agora você já sabe os principais erros de marketing de mídia social. Quer saber mais? A Agência IMMA realiza gestão de mídias sociais ideal para a sua empresa.

Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

× Como podemos ajudar?
Saiba tudo sobre Marketing Digital. Cadastre-se!
Increva-se
Receba nossa newsletter sobre marketing digital, gestão de sites, mídias sociais, links patrocinados e muito mais.
Saiba tudo sobre Marketing Digital. Cadastre-se!
Receba nossa newsletter sobre marketing digital, gestão de sites, mídias sociais, links patrocinados e muito mais.
Increva-se