Por que os micro-influenciadores importam tanto

A última tendência no marketing digital são os micro-influenciadores, pessoas que produzem conteúdos únicos e relevantes, dialogando diretamente com pequenos nichos. Eles possuem um número expressivo de seguidores altamente envolvidos, que buscam sempre novidades ou debater ideias. Mas por que os micro-influenciadores importam tanto?

Gestão de mídias sociais

Fonte: Freepik.

Embora seus fãs cheguem, talvez, a centenas ou milhares, esses criadores de conteúdo injetam um ar de autenticidade em suas publicações e promovem o envolvimento entre seus seguidores. Os micro-influenciadores criam uma comunidade através de um relacionamento íntimo e bastante autêntico com seu público, algo único e que nem sempre pode ser medido de forma tangível.

Um micro-influenciador é definido como alguém que possui entre 2 mil e 50 mil seguidores. Enquanto uma celebridade oferece um alcance de massa, os micro-influenciadores oferecem um ótimo envolvimento, representado por curtidas e comentários. Eles atingem um nível mais profundo de interação com o público, o que se reflete num grande número de comentários, compartilhamentos, posts salvos no Instagram, imagens pinadas no Pinterest e até vendas.

Tanto para uma marca quanto para um micro-influenciador, não há nada melhor do que buscar por uma parceria que seja mutuamente benéfica. O primeiro passo para isso é identificar os micro-influenciadores que já gostam da sua marca ou publicam conteúdos que possuem a mesma estética ou valores que você para criar e cultivar uma relação orgânica.

Por que os micro-influenciadores importam tanto

Fonte: Freepik.

Os seguidores desse micro-influenciador já confiam em seu julgamento e experiência, então o engajamento em relação a sua marca tende a ocorrer naturalmente. Aproveite para também se envolver esses usuários, oferecendo conteúdos exclusivos ou até cupons de desconto. Trabalhar com micro-influenciadores tende a ser simples, mas exige sim um pouco de esforço.

Com o Facebook e o Instagram sempre mudando seus algoritmos de visibilidade, é importante estar sempre repensando suas parcerias. Quando se trabalha com uma celebridade, pode-se ter a impressão de estar alcançando toda a sua rede de contatos. No entanto, este não é o caso. Ao longo do tempo, o Facebook reduziu bastante seu algoritmo de visibilidade, assim como o Instagram.

E, para obter um ótimo alcance, as marcas não só precisam pagar a celebridade, como também ativar uma campanha de publicidade social para ampliar o conteúdo. Como tanto o Facebook quanto o Instagram priorizam usuários autênticos e altamente envolvidos, o conteúdo de micro-influenciadores tornou-se mais visível, deixando os conteúdos promovidos para trás nesta corrida.

Marketing na Internet

Fonte: Freepik.

Isso não quer dizer que as marcas devem evitar celebridades ou pessoas muito populares nas redes sociais. Muitas colaborações de marcas com esses tipos de influenciadores foram extremamente bem-sucedidas. Quando a celebridade se mostra realmente interessada e envolvida em todos os aspectos com um produto, pode ser uma enorme vitória para as marcas investir neste tipo de publicidade.

As campanhas mais bem-sucedidas geralmente envolvem celebridades ou pessoas muito influentes por um longo período, o que também costuma transmitir autenticidade, ativando comunidades e gerando vendas. Mas vale lembrar que o investimento para esse tipo de campanha costuma ser enorme e pode nem sempre obter os resultados esperados.

Para a maioria das marcas emergentes, esse orçamento exorbitante necessário para trabalhar com grandes celebridades ou pessoas influentes é algo completamente fora da realidade. Mas trabalhar com um grupo seleto de micro-influenciadores é uma maneira eficiente e econômica de obter engajamento e ainda criar um relacionamento.

Marketing com influenciadores

Fonte: Freepik.

Atualmente, as estratégias de marketing digital que dão certo não são apenas as maiores e mais caras, mas as que despertam o público e criam envolvimento. É hora de repensar as abordagens do marketing social e mudar essa mentalidade focada em “estrelas” para se engajar junto a defensores da marca que promovem a autenticidade e confiança, como é o caso dos micro-influenciadores.

Veja também

Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

One Comment

Saiba tudo sobre Marketing Digital. Cadastre-se!
Increva-se
Receba nossa newsletter sobre marketing digital, gestão de sites, mídias sociais, links patrocinados e muito mais.
Saiba tudo sobre Marketing Digital. Cadastre-se!
Receba nossa newsletter sobre marketing digital, gestão de sites, mídias sociais, links patrocinados e muito mais.
Increva-se
E-book de Mídias Sociais
A Agência IMMA preparou um material exclusivo para você começar a entender como funciona a gestão de mídias sociais e como utilizá-las.

Insira o seu e-mail para receber o nosso e-book
QUERO MEU E-BOOK