Você já deve ter ouvido falar que o e-mail marketing é uma excelente estratégia de marketing digital, possuindo uma das melhores taxas de ROI (“return over investment”, ou, em português, retorno sobre investimento) do mercado. Mas talvez você já esteja usando essa ferramenta e não tenha obtido bons resultados. Isso pode ser bem desanimador. Mas, antes de desistir, é preciso se perguntar: por que o seu e-mail marketing não funciona?

Apesar do e-mail ser um veículo de comunicação muito conhecido e parte vital do nosso dia-a-dia, o uso do e-mail marketing ainda pode apresentar algumas armadilhas que levam um empresário inexperience a cometer erros graves. Esses erros podem ser fatais para qualquer campanha e prejudicar muito o desempenho dos seus e-mails. Pensando nisso, separamos um texto para explicar por que o seu e-mail marketing não funciona e como resolver isso. Confira!

Antes de desistir, é preciso se perguntar: por que o seu e-mail marketing não funciona?

Fonte: Freepik

Veja também: Como escrever textos para e-mail marketing

Por que o seu e-mail marketing não funciona

Há muitas coisas que podem afetar o desempenho do seu e-mail marketing. Vejamos, então, algumas razões que podem estar prejudicando a sua campanha.

Porque a sua lista de e-mails foi comprada

Comprar a sua lista de e-mails é uma atitude que pode causar muitos danos para o marketing da sua empresa a longo prazo. Isso porque a maioria dessas listas contêm usuários fantasmas, que não usam mais os seus e-mails. Ou seja, é como se você só estivesse enviando o e-mail para metade da lista.

E até mesmo no caso de haverem usuários ativos, é preciso lembrar que eles não demonstraram interesse algum no seu e-mail em primeiro lugar. Desse modo, é pouco provável que eles tenham algum interesse na sua mensagem, e há altas chances deles simplesmente deletarem seu e-mail marketing sem nem se dar o trabalho de abri-lo antes.

Por isso, evite ir pelo caminho mais fácil de comprar uma lista e procure montar sua própria lista de e-mails. Essa é a melhor forma de garantir que seu e-mail seja enviado para leads qualificados, ou seja, pessoas que realmente têm interesse nos seus serviços e que podem realmente vir a se tornar clientes. Do contrário, mesmo que você tenha muitos endereços, enviar o seu e-mail vai acabar sendo um grande desperdício para a sua empresa.

Comprar a sua lista de e-mails é uma atitude que pode causar muitos danos para o marketing da sua empresa a longo prazo.

Fonte: Freepik

Porque o assunto do seu e-mail é desinteressante

Uma pessoa recebe muitos e-mails por dia. Isso significa que, muito provavelmente, ela não vai abrir todos, apenas os que a interessarem. Sendo assim, é essencial que o assunto do seu e-mail marketing seja planejado com cuidado, para chamar a atenção do destinatário da mensagem.

Como fazer isso? Existem muitas técnicas para criar um assunto atraente para o seu e-mail. Uma boa maneira é apostar em um senso de urgência, usando termos como “só hoje” ou “só essa semana”.

Leia aqui: Erros de e-mail marketing para evitar

Porque o design dos seus e-mails não é bom

Antes de ler o seu e-mail, a pessoa vai clicar nele e vê-lo como um todo. Nesse momento, é o design do e-mail que vai decidir se ela vai continuar a ler o e-mail ou não.

Por conta disso, é essencial investir em um bom trabalho de design para criar um e-mail esteticamente agradável e que desperte o interesse do destinatário da mensagem. Um template mais moderno pode fazer toda a diferença e melhorar muito o desempenho do seu e-mail marketing.

Antes de ler o seu e-mail, a pessoa vai clicar nele e vê-lo como um todo.

Fonte: Freepik

Porque você está tentando fazer tudo sem ajuda

Uma das maiores razões por que o seu e-mail marketing não funciona é não ter a ajuda de um profissional da área na hora de criá-lo. Por isso, contratar uma agência de marketing digital, como a Agência IMMA, pode ser de grande ajuda. Quer saber mais? Entre em contato com a gente e faça o seu orçamento!

Rodrigo Darzi

Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

× Como podemos ajudar?