10 dicas para se tornar um influenciador

Influenciadores” são a versão digital moderna das estrelas e celebridades de cinema, televisão e esportes da mídia de massa. E, é claro, muita gente deseja se tornar famosa e influente na internet. Se você é uma dessas pessoas, veja 10 dicas para se tornar um influenciador.

10 dicas para se tornar um influenciador

Fonte: Freepik.

Antes de a internet se tornar tão social, a única maneira de medir a influência eram os dados da televisão, as colunas do jornal e as receitas de bilheteria. Hoje temos robôs coletando dados e até rastreando conversas online, nos dizendo o que e quem está em alta, nos informando sobre o conteúdo que funciona e como ele deve ser criado e compartilhado.

Nesse sentido, os influenciadores acabaram se destacando e se tornando importantes para marcas e empresas. Essas pessoas, que geralmente não são celebridades (mas acabam se tornando), têm um grande número de seguidores nas redes sociais e emitem opiniões que são levadas profundamente em conta por boa parte dessas pessoas que as seguem.

Mas como alguém se torna um influenciador? Essa é uma resposta que nem todo mundo gosta de ouvir. Geralmente, começa com uma paixão por um tópico e passa para duas atividades principais que exigem esforço implacável: criação de conteúdo e criação de um público que curte e compartilha esse conteúdo. Mas alcançar o estrelato online está nos detalhes.

Celebridades da internet

Fonte: Freepik.

Por isso, veja 10 dicas para se tornar um influenciador:

1. Crie conteúdo consistente: na internet, o conteúdo define e os dados medem. A maioria de nossas interações são agora realizadas em telas através de notebooks, tablets e smartphones. As pessoas não sabem quem você é, mas irão julgá-lo e se conectar com você com base no seu conteúdo. Sendo assim, o conteúdo define você online e, quanto mais consistente, melhor.

2. Seja real: as pessoas que não são autênticas logo são descobertas. Há muitas histórias de gente que fingiu ser o que não era para tentar conquistar as manchetes online. Quanto mais autêntico e aberto você for ao criar conteúdo, mais isso permitirá que você se conecte com as pessoas. A vulnerabilidade tem poder, pois toca os corações e faz você parecer mais real.

3. Faça a audiência crescer: conteúdo que não tem atenção é um desperdício. Ele precisa de uma audiência e construí-la a partir das redes sociais pode ser muito mais fácil e econômico do que outras formas de conquistar seguidores. A escolha de uma plataforma é algo pessoal e deve ser feito por afinidade.

Além disso, estar em muitas redes sociais ao mesmo tempo pode ser um erro, pois exigirá muito mais esforço e conhecimentos que talvez você não tenha. Uma boa regra geral é escolher três plataformas com as quais você sabe trabalhar e se concentrar no que funciona melhor para você junto ao seu público.

Influenciadores digitais

Fonte: Freepik.

4. Network: as redes sociais nos conectam online e as mensagens publicadas são, muitas vezes, a primeira conexão que fazemos com as pessoas. Esses laços costumam ser fracos e levar uma pessoa ao próximo nível requer um pouco mais, como a construção de um relacionamento interpessoal, dando origem a laços fortes.

Por isso, buscar conexões online é fundamental, mas as offline podem ser ainda mais importantes. Afinal, ao conhecer as pessoas cara a cara, você pode mostrar muito mais e cria conexões muito mais fortes. Gaste um tempo de qualidade com indivíduos apaixonados e motivados que desejam fazer a diferença assim como você, pois isso será um diferencial.

5. Automatizar: criar uma reputação e, consequentemente, tornar-se um influenciador não é um destino, mas o resultado de muitas pequenas etapas. Ampliar suas conexões e influenciar pessoas pode ser cansativo e trabalhoso, o que significa que talvez você precise usar aplicativos ou plataformas de automação que gerenciarão e controlarão seus esforços de marketing na internet.

As plataformas de automação de marketing se tornarão suas melhores amigas, pois podem automatizar as sequências de ações de marketing e conteúdo, fazendo com que o trabalho de se tornar um influenciador seja bem mais fácil.

Celebridades da internet

Fonte: Freepik.

6. Continue aprendendo: influenciadores não conseguem e nem devem parar de aprender. O aprendizado contínuo é uma necessidade de todo influenciador online. A paisagem digital continua mudando e suas ferramentas, táticas e insights seguem evoluindo. Criar o hábito de buscar sempre o que há de novo costuma nos levar acima da média, o que é uma das dicas para se tornar um influenciador.

7. Tenha o hábito de criar: aprender é uma coisa, mas os influenciadores também precisam ser criadores. Crie o hábito de reservar uma parte do seu tempo diariamente para pesquisar, ler e escrever. Seus pensamentos e ideias podem ser compartilhados em vários suportes, desde vídeos e podcast a uma simples postagem de texto num blog.

Não fique preso no trabalho superficial e também responda a e-mails e comentários. Se você não mantiver um foco também no trabalho de construção de um legado, pode acabar chegando a algum lugar, mas dificilmente será onde você queria.

8. Distribua para além das redes sociais: muitos influenciadores apenas se concentram nas mídias sociais, mas isso é um risco. Quem deseja se manter em alta por mais tempo precisa de mais do que isso. Por isso, certifique-se de estar em vários canais para que as pessoas possam encontrar seu conteúdo. E-mails, blog e pesquisas são algumas das estratégias que você deve usar.

Estrelas digitais

Fonte: Freepik.

9. Compartilhe sempre: para as redes sociais e o Google, o silêncio é um problema. Por isso, crie, compartilhe continuamente. Isso significa que você precisará automatizar algumas de suas mensagens e compartilhamentos. Afinal, apesar de fazer um tweet a cada 15 minutos ser uma ótima forma de não ser esquecido, é humanamente impossível.

Outra tática que funciona bem é a criação de conteúdo de longa duração, que pode ser compartilhado muitas vezes ao longo do tempo antes de sua relevância expirar. Esse tipo de conteúdo ajuda a manter suas opiniões sempre em alta.

10. Tenha conteúdos premium: as postagens de blog são essenciais, mas e-books e livros demonstram que você realmente entende do que está falando. Eles posicionam você como alguém de autoridade e que vale a pensa ser ouvido. Um curso on-line, por exemplo, também é um conteúdo premium que te coloca como autoridade dentro do seu nicho.

Às vezes, parece que o esforço para se tornar um influenciador não vale a pena, pois exige muita aplicação e podem haver percalços neste caminho. Porém, alcançar o posto de influenciador é uma validação de seus esforços e pode gerar muitos reflexos positivos, desde receber brindes e compensações monetárias a ser requisitado para participar de palestras, por exemplo.

Influenciadores digitais

Fonte: Freepik.

Mais do que isso, ser um influenciador permite criar um legado que pode fazer a diferença na vida de algumas (ou muitas) pessoas. E, se isso é algo que você deseja construir, siga essas 10 dicas para se tornar um influenciador.

Veja também

Rodrigo Darzi

Sobre Rodrigo Darzi

Pai de 2 filhos. Especialista em Marketing Digital. MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

Saiba tudo sobre Marketing Digital. Cadastre-se!
Increva-se
Receba nossa newsletter sobre marketing digital, gestão de sites, mídias sociais, links patrocinados e muito mais.
Saiba tudo sobre Marketing Digital. Cadastre-se!
Receba nossa newsletter sobre marketing digital, gestão de sites, mídias sociais, links patrocinados e muito mais.
Increva-se
E-book de Mídias Sociais
A Agência IMMA preparou um material exclusivo para você começar a entender como funciona a gestão de mídias sociais e como utilizá-las.

Insira o seu e-mail para receber o nosso e-book
QUERO MEU E-BOOK