Existem muitos erros para evitar no disparo do e-mail marketing. E cometer apenas um deles pode significar o fracasso de toda a estratégia que você passou tanto tempo montando.

Esse cenário, é claro, é a última coisa que um empresário quer, principalmente no caso do e-mail marketing, uma ferramenta normalmente tão efetiva. Afinal, o ROI do e-mail é o maior do mercado, podendo chegar até a 32 dólares de retorno para cada um dólar investido, de acordo com uma pesquisa realizada pela Direct Marketing Association (DMA) em 2018.

Sendo assim, como evitar erros que possam acabar com todo esse potencial? Essa pergunta é crucial para a criação do seu e-mail marketing.

5 erros para evitar no disparo do e-mail marketing

Fonte: freepik.

Conheça os 5 erros para evitar no disparo de e-mail marketing

Pensando na importância desse assunto para o crescimento online da sua empresa, separamos, neste artigo, os 5 principais erros para evitar no disparo de e-mail marketing. Continue lendo para descobrir quais são eles!

Esquecer o design responsivo

Não adianta mais fugir do design responsivo. Em Janeiro de 2019, 4.4 bilhões de usuários na internet acessavam a rede através de um dispositivo móvel, como um smartphone. A estimativa é que esse número continue a aumentar, tornando o design responsivo um elemento obrigatório para estratégias de marketing digital.

Isso inclui, evidentemente, o e-mail marketing. Pense no seu dia a dia: Quantos e-mails você lê no seu desktop, e quantos você lê no seu celular? Com certeza, se você tem o costume de checar seu e-mail mais de uma vez ao dia, você acaba lendo uma grande parte deles através de um dispositivo móvel.

Por isso, é necessário incorporar o design responsivo na hora de criar o seu e-mail marketing. O ideal é que qualquer usuário possa abrir o seu e-mail com facilidade, em qualquer dispositivo. Desse modo, você maximiza o seu alcance.

Esquecer o design responsivo

Fonte: freepik.

Enviar muitos e-mails por dia

Não é nada agradável quando uma marca lota a sua caixa de entrada de e-mails em muito pouco tempo. Sendo assim, procure disparar seus e-mails de forma estratégica, enviando-os, no máximo, algumas vezes por semana. Com isso, você evita incomodar o usuário.

Enviar e-mails sem critério

Ter uma lista de contatos grande nem sempre é um caminho para o sucesso. Se você inclui muitos contatos que nunca demonstraram interesse pela sua marca no grupo de destinatários do seu e-mail, não obterá bons resultados.

Isso porque a geração de leads tem que partir de um interesse inicial por parte do futuro cliente. Você gostaria de receber diversos e-mails promovendo um produto ou serviço que não tem nada a ver com você? É claro que não.

Por outro lado, enviar e-mails para leads qualificados, ou seja, pessoas que tenham mostrado esse interesse inicial, aumenta as suas chances de conseguir um retorno substancial. Esses são os usuários que querem saber mais sobre o seu produto, ou seja, pessoas que podem realmente vir a comprá-lo.

Usar assuntos suspeitos

Existem algumas palavras que, no assunto de um e-mail, imediatamente sugerem ao usuário a ideia de spam. Por isso, sempre que for fazer o disparo do e-mail marketing, evite usar termos como “grátis” ou “mais dinheiro” no assunto da mensagem. Isso vai evitar que seu e-mail pareça menos confiável.

Usar assuntos suspeitos

Fonte: freepik.

Criar seu e-mail sem ajuda

Um dos maiores erros para evitar no disparo do e-mail marketing é criar o seu e-mail sem ajuda de um profissional de marketing digital. Isso porque esse tipo de profissional tem o que é preciso para orientar você para criar o e-mail mais efetivo para a sua marca.

Vale a pena, então, considerar a possibilidade de contratar uma agência de marketing digital, como a Agência IMMA. A empresa realiza a criação de e-mails marketing com muita qualidade e eficiência. Entre em contato e faça o seu orçamento!

Rodrigo Darzi

Rodrigo Darzi

Pai da Júlia e do Pedro. Especialista em Marketing Digital, com MBA em e-Business pela FGV. Formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Empreteco.

× Como podemos ajudar?